laoding

AGÊNCIA ALAGOAS - Visão Mundial reforça parceria com o Programa de Redução da Pobreza

O diretor nacional da organização Visão Mundial, Celso Fernandes, esteve em Maceió para participar de uma reunião com a diretoria da Desenvolve - Agência de Fomento de Alagoas. O encontro discutiu questões sobre o convênio de parceria no Programa de Redução da Pobreza Alagoas Cidadã, que tem a participação da Agência Nacional de Desenvolvimento Microempresarial (Ande).

O diretor nacional da organização Visão Mundial, Celso Fernandes, esteve em Maceió para participar de uma reunião com a diretoria da Desenvolve - Agência de Fomento de Alagoas. O encontro discutiu questões sobre o convênio de parceria no Programa de Redução da Pobreza Alagoas Cidadã, que tem a participação da Agência Nacional de Desenvolvimento Microempresarial (Ande).

O presidente da Desenvolve, Antonio Carlos Quintiliano, explicou que, além de reforçar os programas de fomento ao desenvolvimento, a visita veio de encontro ao novo momento da agência, que vem trabalhando as propostas para novos programas em 2012, realizadas com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). “A parceria com a Visão Mundial tem sido fundamental para o êxito do programa e o nosso objetivo é alinhar a atuação dos parceiros, principalmente com relação à ampliação da oferta de microcrédito que vem sendo feita pela Ande para os participantes dos grupos do Alagoas Cidadã”, explicou Quintiliano.

Segundo o presidente, a intenção da Desenvolve é garantir que os recursos oriundos do Fundo de Erradicação e Combate à Pobreza (Fecoep) destinados ao programa cheguem com maior rapidez aos participantes dos grupos interessados em tomar empréstimos para abrir ou investir em pequenos negócios. O diretor de Desenvolvimento e Projetos da Desenvolve, Fábio Leão, destacou a necessidade de avançar com o crédito para os grupos interessados. Para isso, salientou ele, é preciso reforçar a rede de parceiros para atuar diretamente com o público do Alagoas Cidadã no que diz respeito à questão operacional dos recursos. “Nossa perspectiva em curto prazo é incluir outras instituições de microfinanças, além da Ande, para flexibilizar as operações de microcrédito que são demandadas pelos grupos do Alagoas Cidadã, e, por outro lado, prosseguir com o programa, que tem um forte papel no desenvolvimento das comunidades a partir da metodologia focada na educação financeira e na capacidade de empreendedorismo dos participantes”, afirmou Fábio.

Para o diretor nacional da Visão Mundial, Celso Fernandes, o programa tem como base a metodologia Gold (Grupos de Oportunidades Locais de Desenvolvimento), inspirada em uma experiência adotada na Índia para combater a miséria e a pobreza no País. Introduzido e adaptado à realidade brasileira pela Visão Mundial, ele tem sido considerada “como uma inovação em nível internacional” que poderá contribuir fortemente com o programa Brasil Sem Miséria, lançado pela presidenta Dilma Rousseff. O diretor da Visão Mundial disse acreditar no sucesso do programa, que já tem dado resultados em sua atuação na capital e no interior de Alagoas a partir da dinâmica de formação dos grupos. Para isso, ele ressalta que vai reforçar ainda mais o foco em assistência técnica, consultoria e capacitação junto à gerência da Visão Mundial no Estado. “Nossa parceria com a Desenvolve tem sido nesse sentido de fomentar o desenvolvimento em busca de resultados concretos para o público de baixa renda, que é justamente o alvo de trabalho da Visão Mundial nos países onde atuamos”, garantiu Celso, reafirmando que a intenção é reforçar a parceria e levar a metodologia para outros municípios alagoanos além dos que já estão incluídos.

Além de Celso Fernandes e Antonio Carlos Quintiliano, também participaram da reunião o gerente nacional de Assistência Programática da Visão Mundial, Elísio Gomes; o assessor de Educação Financeira da organização, Júlio César Dias; o coordenador de Projetos, Flávio Vasconcelos, e os diretores da Desenvolve José Marconi Freire (Administração e Finanças) e Maurício Cominotti (Operações). Programa O Programa Alagoas Cidadã faz parte da carteira de projetos da Desenvolve e foi um dos primeiros projetos a serem implantados pela instituição financeira durante o seu primeiro ano de operação, em 2010. O programa trabalha com recursos oriundos do Fecoep e a meta é a formação de 500 grupos, cada um deles com o mínimo de 10 e o máximo de 20 membros.

A coordenadora de projetos da Desenvolve, Cecília Bonilla, reforça que o Alagoas Cidadã tem sido uma oportunidade para que muitos tenham acesso às capacitações em educação financeira, criem o hábito de poupar e possam abrir um mercado para seus pequenos negócios, contando com o aporte de recursos que são disponibilizados pelo programa. “É importante ressaltar o trabalho dos agentes de desenvolvimento de grupo (ADGs), que são capacitados pela Visão Mundial para trabalhar na formação dos grupos e na introdução da metodologia”, ressaltou Cecília, acrescentando que cabe aos próprios membros dos grupos definir a atuação junto à comunidade e também definir se têm perfil para serem empreendedores.

A meta, segundo ela, é não apenas formar grupos de empreendedores, mas também tornar as pessoas mais participativas e multiplicadoras dos ensinamentos vivenciados pela metodologia do programa. Atualmente, o Alagoas Cidadã possui cerca de 270 grupos constituídos em bairros da periferia de Maceió e em mais 15 municípios, localizados no Agreste e Sertão, com cerca de 2.800 pessoas envolvidas diretamente com o programa. Entre os grupos já formados, estão costureiras, pasteleiros e doceiras, artesãos, cabeleireiros, catadores de lixo, vendedores diversos, donas de casa e estudantes. Também já existem grupos formados na Escola Estadual de Cegos Cyro Accioly e em comunidades quilombolas. “Ao longo desse primeiro ano do programa contamos com várias ações sociais realizadas pelos grupos do Alagoas Cidadã em suas comunidades ou mesmo contribuindo com instituições sociais.


A partir das reuniões e das capacitações proporcionadas pela metodologia do programa, eles próprios se organizam e realizam ações de cidadania, inclusive convocando parcerias como o Sebrae itinerante, como a que aconteceu no último final de semana no município de Senador Rui Palmeira, envolvendo 27 grupos com mais de 300 membros e com total de 490 atendimentos nos cursos, oficinas e palestras que foram realizadas pelo Sebrae”, expôs Cecília Bonilla. Para participar ou saber mais sobre o programa, basta entrar em contato pelos telefones: 3315-2486/3315-3409.

 

Fonte: Agência Alagoas